top of page
  • Foto do escritorECCLO

Ecclo na Mídia: Nossa Participação no Programa Tudo Inovação da EPTV Globo com Jardins de Tratamento de Efluentes


No dia 27 de maio de 2024, tivemos a honra de participar do programa "Tudo Inovação" da EPTV Globo. Durante a entrevista, apresentamos nossa tecnologia de Jardins de Tratamento de Efluentes (JTE), destacando a eficiência e sustentabilidade desses sistemas, tanto para indústrias quanto para residências. Vamos compartilhar um resumo detalhado da reportagem para que todos possam conhecer melhor nosso trabalho e as vantagens dos nossos sistemas de tratamento ecológico.


Cena do programa Tudo inovação da eptv com as sócias fundadoras da ECCLO Marina e Maria Estela em uma instalação industrial de Jardim de Tratamento de Efluentes

Você também pode acessar o link com a reportagem completa: Clique aqui


Diversidade de Aplicações dos Jardins de Tratamento de Efluentes


Apresentador:

"Agora nós vamos conhecer a história de duas amigas que criaram uma empresa de saneamento ecológico que atende desde grandes empresas a residências. Meninas, então esse aqui é um jardim que vocês desenvolveram?"

Marina:

"Isso, esse é um jardim que vai tratar o efluente dessa indústria aqui, mas ele também pode ser aplicado para residências, municípios, água de chuva e rios. A tecnologia que utilizamos é capaz de tratar qualquer tipo de água poluída."

Os Jardins de Tratamento de Efluentes (JTE) são extremamente versáteis, podendo ser aplicados em:


  • Indústrias: Tratamento de efluentes industriais, adaptados para diferentes setores como químico, farmacêutico, alimentício e outros.

  • Residências: Soluções personalizadas para residências, garantindo um tratamento eficiente e sem odor.

  • Municípios: Projetos em áreas urbanas para tratamento de águas pluviais e esgoto municipal.

  • Águas de Chuva e Rios: Implementação em áreas de captação de águas pluviais e em projetos de recuperação de rios poluídos.



Processo de Tratamento


Apresentador:

"E você pode explicar para a gente um pouco dos processos que tem aqui?"

Mel:

"O esgoto segue através dessa tubulação para alimentar o jardim. Aqui, temos uma válvula manual que, no caso da indústria, é necessária para alternar a alimentação do jardim semanalmente. As plantas consomem a matéria orgânica do esgoto, eliminando a necessidade de retirada de lodo e limpa-fossa."

Apresentador:

"E aí essa é a primeira etapa?"

Marina:

"Para o tratamento de esgoto, precisamos de diferentes ambientes: com oxigênio, sem oxigênio, e vários tipos de filtro. Este é o primeiro filtro aerado, que separa o sólido do líquido. O líquido é tratado e segue naturalmente para a segunda etapa por gravidade."

Apresentador:

"E essa é a segunda etapa do tratamento?"

Marina:

"Isso, essa é a segunda etapa. Ela está em fase de poda. Quando a planta vai ficando mais sequinha, é hora de podar. E essa é toda a operação que tem, podar tudo desse jeito, deixando só 10 cm do toquinho. E aí as plantas já voltam, você vê que o outro foi podado antes e já está voltando. Em cerca de 10 dias, já está tudo de novo."

Mel:

"É até legal estarmos aqui nesse momento da operação, porque uma dúvida muito comum das pessoas é se o esgoto não fica aparente, se não é uma área que tem risco de contaminação, e você pode ver que não. Todo tratamento acontece na zona de raízes, fica escondido embaixo do solo, e o pessoal da manutenção anda ali por cima do jardim. Estamos aqui próximos do jardim tranquilamente, sem risco algum."

Apresentador:

"Meninas, então essa é a última etapa do processo?"

Marina:

"Isso, essa é a última etapa e é praticamente uma vitrine, onde você vê que todo tratamento foi realizado. Aqui, eles até utilizam para recreação, têm peixes nessas lagoas, eles pescam, e, nesse caso, toda a água que é tratada é usada para irrigar as gramas da fábrica inteira. Então a água é totalmente tratada e pode ser reutilizada."


Os Jardins de Tratamento são formados por três tipos de Jardins/Filtros, cada um com sua função específica:


  1. Jardim Vertical - Aeróbio: Primeira etapa, onde o esgoto é separado em sólido e líquido e tratado aerobiamente.

  2. Jardim Horizontal - Anaeróbio/Facultativo: Segunda etapa, onde o líquido é tratado anaerobiamente.

  3. Lagoa Final ou Polimento: Última etapa, onde a água é tratada para remoção final de poluentes e pode ser reutilizada.



Benefícios dos Jardins de Tratamento de Efluentes


Apresentador:

"E o tratamento de efluente não tem cheiro também, né?"

Marina:

"Não dá para ver pela câmera, mas não tem cheiro nenhum aqui mesmo. Adaptamos a tecnologia para não ter mau odor, operações complicadas ou equipamentos complexos, seja na residência, seja no município."


  • Ausência de Odor: O sistema é projetado para não gerar mau cheiro, tornando-o ideal para qualquer tipo de aplicação, inclusive residências.

  • Baixa Manutenção: Requer apenas podas periódicas, eliminando a necessidade de operações complexas e manutenção frequente.



Ecclo: Sustentabilidade e Biodiversidade


Marina:

"Eu comecei a trabalhar com isso desde 2009. É uma tecnologia europeia, só que a gente precisou fazer várias adaptações para a realidade brasileira. Adaptamos tanto para o clima quanto para a operação e também para a legislação. Fizemos todo esse trabalho para hoje termos total domínio de conseguir entregar o que prometemos. Toda água pode ser tratada com jardim. Hoje vemos que essa é uma solução muito importante para o nosso país, porque realmente nosso problema em saneamento não é só a falta de tratamento, mas muitas vezes a falta de manutenção. E esse jardim não necessita praticamente de manutenção, e tem uma vida perene. Às vezes as pessoas constroem tratamentos, até fossas nas residências, mas se você não tirar o lodo todo ano com limpa fossa, ela vai parar de funcionar. E aí, quando isso acontece, não é bom para o saneamento do nosso país."

Apresentador:

"E hoje vocês atendem o Brasil todo?"

Mel:

"Sim, temos atuação nacional e até internacional, com projetos no Paraguai. Nossa missão é falar sobre biodiversidade, sustentabilidade e soluções 100% naturais. Queremos acabar com o mito de que uma estação de tratamento de esgoto deve ficar escondida. Em projetos grandes, podemos transformar esses jardins em verdadeiros parques de convivência e lazer para a população."



Desde 2009, a Ecclo tem adaptado tecnologias europeias para a realidade brasileira, levando em consideração fatores climáticos, operacionais e legais. Isso nos permitiu criar soluções personalizadas e eficazes para diversas situações, sempre com foco em sustentabilidade e baixo impacto ambiental.



Conhecimento dos Efluentes mais complicados para aplicação também em sua residência


Apresentador:

"Bacana, e vocês também estavam me explicando que é uma solução que pode ser aplicada em residências?"

Marina:

"Antigamente, utilizávamos essa solução só em grandes indústrias, mas com o conhecimento adquirido, conseguimos moldá-la para residências também. É muito tranquilo: depois que você constrói, só precisa fazer a poda, sem nenhum outro tipo de operação. O sistema vai funcionar naturalmente e podemos reutilizar a água ou infiltrá-la no solo. Em vez de usar água da chuva, que às vezes falta, podemos usar o esgoto para irrigação ou para a bacia sanitária, pois o esgoto nunca falta."

Depoimento de Cliente


Um de nossos clientes na Chácara optou por um sistema de tratamento ecológico:


Cliente Érika:

"Quando fizemos a obra aqui na chácara, optamos por uma construção ecológica, com tijolo ecológico que agride menos o meio ambiente. Pensamos o mesmo para o sistema de fossa. O sistema de tratamento com plantas, além de bonito, embeleza a nossa chácara e agride menos a natureza. Usamos a água tratada para irrigar a grama e lavar o carro. É um sistema muito mais saudável e sustentável."


Conclusão


Nossa participação no programa "Tudo Inovação" foi uma excelente oportunidade para mostrar a eficácia e os benefícios dos Jardins de Tratamento de Efluentes da Ecclo. Com soluções adaptáveis e sustentáveis, atendemos desde grandes indústrias até residências, contribuindo para um meio ambiente mais limpo e saudável. Para mais informações sobre nossos projetos e como podemos ajudar sua empresa ou residência a tratar e reutilizar efluentes de maneira ecológica, entre em contato conosco!



Assista à Reportagem Completa

Para aqueles que preferem assistir à reportagem completa, acesse o link:


Fique por Dentro

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar nossas inovações e projetos!



Tem interesse em conhecer mais sobre nossos Jardins de Tratamento de Efluentes? Entre em contato conosco:

WhatsApp: clique aqui


 

Perguntas Frequentes


1. O que são Jardins de Tratamento de Efluentes (JTE)?

Os Jardins de Tratamento de Efluentes (JTE) são sistemas ecológicos que utilizam plantas e processos naturais para tratar águas poluídas. Eles podem ser aplicados em indústrias, residências, municípios, águas de chuva e rios.

2. Quais são as vantagens dos Jardins de Tratamento de Efluentes em relação aos sistemas tradicionais?

3. Como funciona o processo de tratamento nos JTE?

4. Os Jardins de Tratamento de Efluentes geram mau cheiro?

5. Qual é a manutenção necessária para os Jardins de Tratamento de Efluentes?

6. Os JTE podem ser usados em residências?

7. É seguro ter um Jardim de Tratamento de Efluentes em casa?

8. Como a água tratada pelos JTE pode ser reutilizada?

9. A Ecclo atende apenas clientes no Brasil?

10. Qual é a vida útil de um Jardim de Tratamento de Efluentes?

11. É possível instalar um JTE em áreas urbanas densamente povoadas?

12. Quais tipos de efluentes os JTE podem tratar?

13. A instalação de um JTE é cara?

14. Como os JTE contribuem para a sustentabilidade?

15. É possível combinar tecnologias de tratamento tradicionais com os JTE?


Comentários


bottom of page