top of page
  • Foto do escritorECCLO

Como os Jardins de Tratamento Fazem a Remoção de Nitrogênio Amoniacal dos Efluentes Industriais

Descubra os benefícios e processos por trás desta solução sustentável e eficaz

A remoção de nitrogênio amoniacal dos efluentes industriais é crucial para a proteção dos ecossistemas aquáticos e a saúde pública. O nitrogênio amoniacal pode causar sérios danos à vida aquática, além de comprometer a qualidade da água.

Os níveis elevados de nitrogênio amoniacal nos efluentes podem levar à eutrofização, um processo que causa o crescimento excessivo de algas e a diminuição do oxigênio na água, afetando negativamente os organismos aquáticos. Regulamentações ambientais rigorosas, exigem que as estações de tratamento de efluentes reduzam significativamente os níveis de nitrogênio amoniacal.

Os Jardins de Tratamento são uma solução inovadora e sustentável para a remoção de nitrogênio amoniacal. Utilizando processos naturais e plantas específicas, esses sistemas não apenas tratam efluentes de forma eficaz, mas também contribuem para a criação de áreas verdes e a promoção da biodiversidade.

Jardim de Tratamento de Efluentes para Indústria Química - Projeto Ecclo
Jardim de Tratamento de Efluentes para Indústria Química - Projeto Ecclo

Resumo do Artigo:

O Desafio da Remoção de Nitrogênio Amoniacal

O nitrogênio amoniacal (NH4+) presente nos efluentes industriais é tóxico para muitos organismos aquáticos. Em altas concentrações, pode causar a morte de peixes e outros seres vivos, além de contribuir para a formação de compostos nocivos, como as cloraminas.

lago com toxicidade e eutrofização devido a presença de nitrogênio amoniacal

A presença elevada de nitrogênio amoniacal nos corpos d'água pode levar à eutrofização, que é o enriquecimento excessivo de nutrientes, resultando em um crescimento descontrolado de algas. Isso reduz os níveis de oxigênio na água, causando a morte de peixes e outros organismos aquáticos. Além disso, o nitrogênio amoniacal pode se converter em nitrito (NO2-), que é ainda mais tóxico para a vida aquática.



Fundamentos da Remoção de Nitrogênio Amoniacal

A remoção de nitrogênio amoniacal dos efluentes envolve dois processos biológicos principais: nitrificação e desnitrificação. 


equação química do nitrogênio
fonte: https://www.youtube.com/watch?v=qELznEEouKM

- Nitrificação: É a conversão do amônio (NH4+) em nitrato (NO3-) através de duas etapas. Primeiro, o amônio é oxidado a nitrito (NO2-) por bactérias nitrificantes (Nitrosomonas). Em seguida, o nitrito é oxidado a nitrato por outras bactérias nitrificantes (Nitrobacter).


equação nitritação

equação nitratação
fonte: https://www.youtube.com/watch?v=qELznEEouKM

- Desnitrificação: É a conversão do nitrato (NO3-) em gás nitrogênio (N2), que é liberado na atmosfera. Esse processo é realizado por bactérias desnitrificantes em condições anaeróbias (ausência de oxigênio).


equação desnitrificação
fonte: https://www.youtube.com/watch?v=qELznEEouKM

Para que a nitrificação e a desnitrificação ocorram eficientemente, são necessárias condições ambientais específicas:

- pH: A nitrificação ocorre de forma otimizada em um pH entre 7,0 e 8,5. A desnitrificação geralmente é eficiente em um pH neutro a levemente alcalino.

- Oxigênio: A nitrificação requer condições aeróbias, ou seja, a presença de oxigênio dissolvido na água. Já a desnitrificação ocorre em condições anaeróbias, onde há pouca ou nenhuma presença de oxigênio.

- Temperatura: A temperatura ideal para a nitrificação varia entre 20°C e 30°C. A desnitrificação também é favorecida em temperaturas moderadas a altas, mas pode ocorrer em uma ampla faixa de temperaturas, dependendo das bactérias envolvidas.


O Papel dos Jardins de Tratamento

Os Jardins de Tratamento utilizam uma combinação estratégica de zonas aeróbias e anaeróbias para otimizar a remoção de nitrogênio amoniacal dos efluentes industriais. Nas zonas aeróbias, o oxigênio é abundante, permitindo que bactérias nitrificantes convertem amônio em nitrito e, em seguida, em nitrato. Nas zonas anaeróbias, onde o oxigênio é limitado ou ausente, as bactérias desnitrificantes reduzem o nitrato a gás nitrogênio, que é liberado na atmosfera. Essa alternância de condições cria um ambiente ideal para a remoção eficiente de nitrogênio amoniacal.

- Sistemas de Fluxo Vertical: Nos sistemas de fluxo vertical, a água dos efluentes é aplicada intermitentemente na superfície do leito do jardim e percola verticalmente através do meio filtrante. Durante esse processo, a água passa por zonas aeróbias, onde ocorre a nitrificação. A intermitência na aplicação do efluente ajuda a manter aeração adequada e a evitar saturação do meio filtrante.

- Sistemas de Fluxo Horizontal: Nos sistemas de fluxo horizontal, a água dos efluentes flui horizontalmente através do leito do jardim, passando por zonas anaeróbias e facultativas. Este fluxo permite que a desnitrificação ocorra eficientemente, reduzindo os nitratos a gás nitrogênio. A vegetação presente nos jardins de tratamento também desempenha um papel crucial, fornecendo oxigênio às raízes e ajudando na remoção de nutrientes e contaminantes.


Benefícios dos Jardins de Tratamento

Sustentabilidade e baixo impacto ambiental.

Os Jardins de Tratamento são uma solução ecológica e sustentável para a remoção de nitrogênio amoniacal. Eles utilizam processos naturais e plantas para tratar os efluentes, reduzindo a necessidade de produtos químicos e energia. Além disso, esses sistemas promovem a biodiversidade e podem ser integrados harmoniosamente ao meio ambiente, criando habitats para várias espécies de plantas e animais.

Eficiência na remoção de nitrogênio e outros contaminantes.

Os Jardins de Tratamento são altamente eficientes na remoção de nitrogênio amoniacal e outros contaminantes dos efluentes industriais. A combinação de zonas aeróbias e anaeróbias, juntamente com a atividade das plantas e microrganismos, permite uma remoção eficaz de diversos poluentes, incluindo fósforo, metais pesados e compostos orgânicos. Estudos mostram que esses sistemas podem alcançar altas taxas de remoção, atendendo e até superando as exigências regulatórias.

Baixo custo operacional e manutenção.

Uma das grandes vantagens dos Jardins de Tratamento é o baixo custo operacional e de manutenção. Após a instalação inicial, esses sistemas requerem pouca intervenção humana e manutenção mínima. As plantas utilizadas são geralmente nativas e adaptadas às condições locais, reduzindo a necessidade de irrigação e fertilização adicional. Além disso, a energia necessária para o funcionamento dos Jardins de Tratamento é significativamente menor em comparação com os sistemas de tratamento convencionais, resultando em economias substanciais a longo prazo.


Estudos de Caso

ETE Barueri

Na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Barueri, foi implementado um sistema piloto de wetlands construídas para avaliar a remoção de nitrogênio amoniacal. O sistema consistia em módulos de wetlands de macrófitas flutuantes e emergentes, além de solos filtrantes. Os resultados mostraram uma eficiência total de remoção de nitrogênio amoniacal de 97%, com o sistema apresentando reduções significativas em outros poluentes, como fósforo total e DQO.

Fonte: Cristiane Dias Pocas, "Estudo de Caso na ETE Barueri", PDF, Página 10.

Goiânia

Outro estudo relevante foi realizado na Estação de Tratamento de Esgoto Samambaia em Goiânia. Utilizando capim Vetiver em um sistema de wetland de fluxo subsuperficial vertical, o estudo observou uma eficiência média de remoção de nitrogênio amoniacal de 93,9%. Esse sistema demonstrou ser altamente eficaz, mantendo uma remoção constante e superior a 90% ao longo do experimento.

Fonte: Cristiane Dias Pocas, "Estudo de Caso na ETE Samambaia em Goiânia", PDF, Página 9.


Imagems Jardim de tratamento de efluentes no por do sol
Jardim de Tratamento de Efluentes industriais (JTE) Ecclo

Considerações Finais

Nos tópicos anteriores, discutimos a importância e os desafios da remoção de nitrogênio amoniacal dos efluentes industriais. Destacamos como os Jardins de Tratamento, através de combinações de zonas aeróbias e anaeróbias, conseguem atingir altas eficiências de remoção. Os estudos de caso apresentados comprovam a eficácia dessas soluções em cenários reais, mostrando reduções significativas de nitrogênio e outros poluentes.

Resumo dos Benefícios dos Jardins de Tratamento

1. Sustentabilidade e Baixo Impacto Ambiental: Utilizam processos naturais, reduzindo a necessidade de produtos químicos e minimizando o impacto ambiental.

2. Eficiência na Remoção de Nitrogênio e Outros Contaminantes: Alta eficiência comprovada na remoção de nitrogênio amoniacal, fósforo e DQO.

3. Baixo Custo Operacional e Manutenção: Menor custo de operação e manutenção em comparação com sistemas tradicionais, devido ao uso de processos naturais.

A remoção de nitrogênio amoniacal dos efluentes industriais é crucial para atender às regulamentações ambientais e proteger os ecossistemas aquáticos. Os Jardins de Tratamento se destacam como uma solução sustentável e eficaz, combinando eficiência operacional com baixo impacto ambiental.

Interessado em saber mais sobre os Jardins de Tratamento? Entre em contato com nossa equipe para uma consulta personalizada e descubra como podemos te ajudar a cumprir as normas ambientais e melhorar a qualidade dos efluentes tratados.


 

Perguntas Frequentes:


O que é nitrogênio amoniacal e por que é importante removê-lo dos efluentes industriais?

Resposta:O nitrogênio amoniacal (NH4+) é uma forma de nitrogênio presente nos efluentes industriais. Ele é tóxico para muitos organismos aquáticos e pode causar sérios danos ambientais, como a eutrofização, que resulta no crescimento excessivo de algas e redução do oxigênio na água. A remoção do nitrogênio amoniacal é essencial para proteger os ecossistemas aquáticos, cumprir as regulamentações ambientais e garantir a qualidade da água.

Como os Jardins de Tratamento removem o nitrogênio amoniacal dos efluentes?

Quais são os benefícios dos Jardins de Tratamento em comparação com os sistemas de tratamento convencionais?

Como posso implementar um Jardim de Tratamento na minha empresa?


Kommentare


bottom of page