top of page
  • Foto do escritorECCLO

Uma Década de Impacto Ambiental Positivo: O Legado dos Jardins Filtrantes da Natura no Tratamento de Efluentes

Atualizado: 4 de jul.


Um belo jardim florido com uma pessoa vestida com uniformes de trabalho ao fundo mostrando os Jardins de Tratamento de Efluentes da Natura em Benevides, PA
fonte: Pinterest Natura Brasil

No cenário atual, onde a sustentabilidade se torna cada vez mais crucial nas operações industriais, o tratamento eficaz de efluentes emerge como uma pedra angular para empresas conscientes ambientalmente. Celebrando uma década de inovação e liderança em sustentabilidade, a Natura destaca-se com seu sistema pioneiro de jardins filtrantes. Este sistema, implementado no Ecoparque em Benevides, Pará, utiliza plantas nativas para tratar resíduos líquidos de forma natural e eficiente. A tecnologia não só exemplifica a integração da natureza nas práticas industriais, mas também comemora dez anos de contribuições significativas para a conservação ambiental e eficiência operacional.


Este artigo foi inspirado em informações publicadas pela Aberje, destacando os esforços contínuos da Natura em suas práticas de sustentabilidade ambiental. https://www.aberje.com.br/natura-celebra-dez-anos-de-sistema-pioneiro-de-tratamento-natural-de-residuos-com-uso-de-plantas/


Resumo do Artigo:


Desenvolvimento do Sistema

O sistema de jardins filtrantes foi concebido no Ecoparque da Natura em Benevides/PA e ocupa uma área de mais de 2.000 metros quadrados, repleta de 14 diferentes espécies de plantas nativas da região Norte. Essas plantas são especialmente selecionadas por sua capacidade de fitodegradação e bioacumulação, tornando-as ideais para a purificação de resíduos líquidos sem o uso de produtos químicos. A implementação deste sistema não só refletiu um avanço tecnológico, mas também um compromisso com métodos de tratamento que respeitam e promovem a biodiversidade local.


um coração com várias indústrias em meio a áreas verdes e um rio passando ao centro cheio de fórmulas químicas

Benefícios Ecológicos e Operacionais

Os jardins filtrantes da Natura não apenas representam uma inovação em tratamento de efluentes, mas também uma vitória para a sustentabilidade ambiental e operacional. Estes sistemas baseados na natureza oferecem benefícios ecológicos significativos, como a conservação da biodiversidade local e a regeneração dos ecossistemas. Por utilizar plantas nativas que adaptam-se perfeitamente ao ambiente local, o sistema ajuda a manter o equilíbrio ecológico, evitando a introdução de espécies invasoras e apoiando a vida selvagem nativa.

Do ponto de vista operacional, os jardins filtrantes demonstram eficiência econômica notável. Este sistema utiliza menos energia do que métodos convencionais de tratamento de águas residuais, uma vez que depende principalmente da capacidade natural das plantas para filtrar e decompor poluentes. Essa característica leva a uma redução substancial nos custos de operação e manutenção, já que não há necessidade de energia elétrica intensiva ou produtos químicos dispendiosos para o tratamento de efluentes. Além disso, a qualidade da água tratada é frequentemente superior, permitindo que seja reutilizada dentro das operações industriais ou devolvida ao ambiente local em condição melhor do que quando foi captada.

“Ao não utilizar aditivos químicos no processo de tratamento dos poluentes, os jardins filtrantes melhoram a oxigenação do solo e garantem que essa mesma água possa ser reutilizada nas operações industriais e devolvida para o meio ambiente com qualidade superior ao corpo receptor, que, no caso do Ecoparque, é o afluente do Rio Benfica”, Angela Pinhati, diretora de Sustentabilidade de Natura &Co América Latina.

Comparativamente aos tratamentos convencionais, os jardins filtrantes têm mostrado desempenho superior na remoção de impurezas, com a Natura reportando uma eficácia de remoção que ultrapassa 90%. Isto não só supera as exigências legais, mas também demonstra como soluções baseadas na natureza podem ser tanto ou mais eficazes que as soluções tecnológicas tradicionais.


Impacto na Biodiversidade

Ao longo da última década, o sistema de jardins filtrantes da Natura transformou o Ecoparque em um verdadeiro santuário para a biodiversidade. A área não só serve como uma instalação de tratamento de efluentes, mas também como um refúgio vital para espécies vegetais e animais, muitas das quais são raras ou estão em risco de extinção. Graças à rica vegetação e ao ambiente aquático limpo, o Ecoparque atraiu uma diversidade impressionante de fauna, incluindo mais de 140 espécies de pássaros, 23 espécies de répteis e uma variedade de mamíferos. Além disso, o Programa de Monitoramento da Biota Aquática e Terrestre, que está em operação há nove anos, tem permitido aos biólogos estudar e documentar o impacto positivo do sistema no ecossistema local, culminando na descoberta de novas espécies e na ampliação do conhecimento científico sobre a fauna regional.


um ambiente industrial em meio a muita área verde demonstrando a coexistencia entre a indústria e o meio ambiente através dos Jardins de Tratamento

Adoção e Adaptação por Outras Indústrias



A tecnologia dos jardins filtrantes é altamente adaptável e escalável, tornando-a aplicável a uma ampla gama de setores industriais. Indústrias como a química, farmacêutica, de alimentos e bebidas, e de papel e celulose, que enfrentam desafios significativos de gestão de efluentes, podem beneficiar-se imensamente da adoção dessa tecnologia. Além de atender às regulamentações ambientais, essas indústrias poderiam ver melhorias na eficiência operacional e redução de custos a longo prazo.

A escalabilidade dos jardins filtrantes permite que sejam projetados de acordo com o volume e a composição específica dos efluentes de cada indústria. Isso significa que as empresas podem começar com sistemas menores e expandi-los conforme necessário, sem comprometer a eficácia do tratamento. Integrar soluções baseadas na natureza nas práticas corporativas não só ajuda a melhorar a imagem pública das empresas como sustentáveis e responsáveis, mas também as posiciona como líderes em inovação ambiental.

Ao considerar a implementação de jardins filtrantes, é crucial colaborar com parceiros que possuem expertise em fitorremediação e design ecológico, como a Ecclo. Com experiência em customizar essas soluções para atender às necessidades específicas de cada cliente, a Ecclo pode ajudar a garantir que a adoção desses sistemas não só atenda às necessidades de tratamento de efluentes, mas também contribua para os objetivos de sustentabilidade e responsabilidade corporativa das empresas.


Responsabilidade Corporativa e Sustentabilidade

No contexto atual de desafios ambientais crescentes, as empresas desempenham um papel crucial na conservação da biodiversidade e na sustentabilidade global. Angela Pinhati, diretora de Sustentabilidade da Natura &Co América Latina, ressalta que as mudanças climáticas e a perda de biodiversidade são ameaças interconectadas que exigem ações corporativas proativas. Segundo ela, as empresas não só têm a responsabilidade de minimizar os impactos negativos de suas operações, como também devem liderar esforços para regenerar e enriquecer os ecossistemas nos quais operam.

“A perda da biodiversidade se tornou um dos principais riscos globais junto com as mudanças climáticas e o jardim filtrante do Ecoparque é um exemplo que vai de encontro aos compromissos estabelecidos no novo Marco Global da Biodiversidade de Kunming-Montreal, que prevê medidas para deter e reverter a degradação dos ecossistemas em todo o planeta”, diz Angela Pinhati.

A Natura, através de seu sistema de jardins filtrantes no Ecoparque, exemplifica esse compromisso ao incorporar soluções baseadas na natureza que vão além da mitigação, promovendo a recuperação ecológica ativa. Este sistema não só trata eficientemente os efluentes, mas também contribui para a conservação da biodiversidade local, criando habitats que suportam uma vasta gama de espécies animais e vegetais.

O Marco Global da Biodiversidade de Kunming-Montreal, firmado recentemente por 190 países, estabelece metas ambiciosas para deter e reverter a degradação dos ecossistemas até 2050, com objetivos intermediários para 2030. Para as empresas, isso significa que a gestão ambiental vai se tornar ainda mais central nas suas operações e estratégias de desenvolvimento sustentável.

Para a Natura, o Marco representa uma oportunidade de alinhar suas práticas de sustentabilidade com normas internacionais emergentes e reforçar seu papel de liderança em inovação ambiental. A empresa já supera as metas de redução de poluentes estabelecidas legalmente, mostrando como práticas ambientais avançadas podem ser integradas com sucesso nas operações empresariais. A adesão ao Marco implica em uma contínua avaliação e melhoria dos processos, garantindo que as operações não apenas cumpram, mas liderem pelo exemplo na promoção da integridade ecológica.

As diretrizes do Marco Global da Biodiversidade incentivam as empresas a adotar uma visão mais holística e integrada da sustentabilidade. Isso envolve a implementação de soluções que beneficiem tanto a economia quanto o ambiente, criando um ciclo positivo de crescimento sustentável e conservação. Para a Natura, e para outras empresas que desejam seguir um caminho similar, isso significa investir em tecnologias e métodos que podem transformar seus impactos ambientais de negativos para positivos, não só em conformidade com a lei, mas como um compromisso ético para com as futuras gerações.



Conclusão: Jardins Filtrantes da Natura no Tratamento de Efluentes

A trajetória dos jardins filtrantes da Natura é um poderoso lembrete do impacto positivo que as tecnologias regenerativas podem ter no meio ambiente e na sociedade. Este sistema não apenas excede as exigências legais de tratamento de efluentes, mas também serve como um modelo inspirador para outras empresas que buscam implementar soluções sustentáveis. Na Ecclo, estamos prontos para ajudar organizações a adaptarem e integrarem tecnologias semelhantes, garantindo não só a conformidade ambiental, mas também a promoção da biodiversidade e sustentabilidade. Encorajamos todas as empresas a considerar investimentos em tecnologias que mimetizam e amplificam os benefícios da natureza, preparando o caminho para um futuro mais verde e produtivo. Para consultoria especializada em sistemas de tratamento de efluentes naturais, não hesite em entrar em contato conosco. Juntos, podemos transformar os desafios ambientais em oportunidades para crescimento e inovação sustentável.

"Essa é uma escolha que condiz com o propósito da Natura e do Ecoparque, concebido sob a ótica da sustentabilidade e da circularidade. Acreditamos que as melhores soluções para os desafios socioambientais são aquelas baseadas na natureza. Ao mimetizá-la, essa tecnologia vai além de tratar os resíduos na água e oferece inúmeros serviços ecossistêmicos que melhoram o ambiente e a qualidade de vida tanto das pessoas que utilizam os espaços da empresa quanto da flora e da fauna que habitam nosso espaço." acrescenta a Diretora Angela Pinhati.

 

Perguntas Frequentes


1. O que são jardins filtrantes e como eles funcionam?

Resposta: Jardins filtrantes, também conhecidos no Brasil como jardins de tratamento, alagados construídos, entre outros nomes, são sistemas de tratamento de efluentes que utilizam plantas nativas para purificar a água de resíduos líquidos. Esses sistemas empregam a tecnologia de fitorremediação, onde as plantas escolhidas têm a capacidade de decompor ou absorver poluentes do ambiente sem acumulá-los em seus tecidos, ajudando assim a manter a integridade do ecossistema local. Essa abordagem é sustentável, pois não depende de energia elétrica intensiva ou de produtos químicos, tornando-a uma solução eficaz e ecologicamente correta para o tratamento de águas residuais. Além disso, os jardins filtrantes contribuem para a paisagem natural e promovem a biodiversidade ao criar habitats para diversas espécies.

2. Quais são os principais benefícios dos jardins filtrantes da Natura?

3. Como a tecnologia dos jardins filtrantes se compara aos métodos convencionais de tratamento de efluentes?

4. Os jardins filtrantes são uma solução viável para todas as indústrias?

5. Como uma empresa pode começar a implementar jardins filtrantes em suas operações?



Comments


bottom of page